quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Por Você... - Capitulo 05






Ficha Técnica 

Titulo: Por Você...

Subtitulo: (Sem subtitulo) 
Autor: Aldo Andrade 
Capítulos ao todo: Em andamento 
Status: Em andamento
Ano: 2013 
Tema: Romance








Este conto é inadequado para menores de 18 anos
Contem romance homossexual, insinuação sexual e violência.


Antes...


Fiquei perdida e desolada quando ele disse que viajaria, ele me olhou e deu um breve sorriso.
– Eu vou voltar logo. 
– Promete. 
– Prometo. – ele beijou minha testa e me abraçou forte. 
Eu desejava que fosse eterno e que ele não deixasse os meus braços e sem dizer mais nada ele saiu dos meus braços e se foi. Por mais que eu achasse tudo um grande absurdo eu não poderia negar duas coisas: Lucas gostava de mim e eu o retribuía, por enquanto não precisávamos de palavras somente existir um para o outro.


Depois...



Lucas ficou fora durante uma semana. Eu contei cada dia esperando que ele voltasse.  Ele sempre me ligava para saber como eu estava, havia acontecido tanta coisa em uma semana: Bruna havia ganhado uma bolsa de estudos integral na Espanha.
Math...
Bem Math havia me falado que...
Que me amava.
Eu deveria ter ficado feliz com as palavras dele, mas o que aconteceu foi o contrário, ele não viu no meu rosto um largo sorriso de “Até que enfim”, os meus olhos brilharem como os dele ou mesmo as palavras “Eu te amo”, mas o que ele viu em meu rosto foi um desconforto, um meio sorriso envergonhado, meus olhos não brilhavam e o olhavam fixamente e da minha boca saiu uma voz suave tentando explicar que um dia eu o amara, mas hoje meu coração pertencia a outro. Foi tão difícil ver o rosto dele perdido em um vazio e o mais descontente foi vê-lo tentar me ter nos dias em que se seguiram. Ele não entendia e nem eu mesmo entendia, eu só precisava saber que Lucas me amava. 

O outono retirava as folhas das árvores e algumas já estavam “calvas”, o céu na maior parte do tempo estava cinza e raramente podíamos ver o sol, podiam-se ver clarões em meio ao tom cinza, o vento uivava e eu acabara de perder a esperança de ver Lucas, quando ouvi sua voz na sala.
– Como vai Sr. Simons?
– Muito bem. Como vão as coisas? 
Fui imediatamente até ele, o abracei forte enquanto Jhon nos olhava com um sorriso no rosto, ele só queria me ver feliz. 
 – Também senti sua falta – ele me abraçou e riu.
Dei um lago sorriso e o puxei até o meu quarto, enquanto Lucas olhava envergonhado para Jhon.  Ao entrar no quarto fechei a porta e o olhei, os olhos dele brilhavam com os de Math, mas ao contrario do meu olhar sem emoção a ele meus olhos brilhavam com o de Lucas, os meus olhos se focaram nos dele e aos poucos nossos rostos se aproximaram, meus olhos se fecharam e senti meus lábios tocarem os dele, ele me olhou e eu o abracei.
Minha mente trabalhava rapidamente e me veio à mente um turbilhão de dúvidas. Eu deveria dizer ou não a Lucas sobre Math? Na verdade não foi nada agradável naquele dia. 
– Damon? – Lucas me olhava enquanto eu saia dos meus devaneios – Está tudo bem? 
– Esta – dei um breve sorriso. 
– Você é um péssimo mentiroso, e você sabe disso – ele deu um meio sorriso. 
– Ah Lucas eu não... – desisti de terminar a frase. 
– Você sabe que pode me contar. Antes de tudo somos amigos.
– É melhor mudarmos de assunto – me sento na cama me afastando dos braços de Lucas.
– Tudo bem. Quando você quiser... – ele se sentou ao meu lado, segurou as minhas mãos e achou nos meus olhos com o mais doce sorriso – Eu sempre vou estar aqui.
Encostei-me no seu peito e fiquei ali enquanto ele afagava o meu cabelo. Ele era o garoto perfeito, eu simplesmente achava injusto tudo àquilo porque eu não era.
– Você é o garoto mais perfeito que existe – ele sussurrou.
Estamos conectados. Ele sabia perfeitamente o que eu pensava e sabia o que esperar quando eu falasse sobre o Math. Ele não iria me pressionar e não parecia estar preocupado com nada naquele momento. Eu estava tão vivo e incondicionalmente apaixonado por Lucas.
– Lucas – eu o olhei. 
– Hmmm... – ele olhou com ternura.
– Eu te amo – ele abriu um largo sorriso 
– Eu também te amo.
– Eu... – desviei o olhar de seu rosto – Preciso te contar uma coisa. 
– O que seria? 
– O meu coração... Ele... – ele me deu um breve sorriso. 
– Não precisa... – ele me interrompeu.
– Mas você precisa saber... – relutei  
– Isso não vai mudar o que eu sinto, eu simplesmente te amo Damon, e não importa o que aconteça eu sempre vou te amar. 
Tudo estava indo muito bem, não havia um tom fúnebre como antes e por esse período eu esquecera completamente o que viria. Lucas passou o dia ao meu lado e no final da tarde, ele me beijou novamente em despedida e se foi.
Após vê-lo partir com um sorriso estampado em seu rosto, eu entrei e me sentei no sofá onde Jhon estava a assistir um jogo de futebol, ele se virou para mim e com um olhar interrogador me perguntou:
– Você já contou a ele?
 Eu nunca pensei que Jhon me faria tal pergunta, logo ele que sempre evitou falar, ele que mantinha a esperança impenetrável de que um dos meus exames aponta-se que eu ficaria viva por mais tempo, nos últimos dias eu desejava que eles mudassem. Eu queria ficar viva por mais tempo eu queria ser feliz com Lucas.
Naquele momento o vazio voltava ao meu corpo e eu percebi que por mais que visse os dias felizes como dias ensolarados de verão o tom fúnebre do outono ainda estava ali e me seguia aonde quer que eu fosse. Senti uma pontada no peito e em seguida tudo escureceu.


Aldo Andrade  © 2013
Proibida reprodução total ou parcial desse conteúdo em mídias impressas, digitais, seja áudio ou visual sem autorização do autor sob pena criminal e civil.
Todos os direitos reservados.

Este conto é uma Fanfic baseada no romance Folhas ao Vento © 2012

Reprodução de conteúdo concedida pelo autor a
Rutta to Kodama Project © 2012 - 2013
Aldo Andrade
Aldo Andrade

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não é permitido comentários ofensivos.
Não use palavras de baixo calão.
Todos os comentários passam por moderação.
Não consegue baixar o manga? Comente em Links Quebrados.
Faça reclamações e sugestões!

Não recebemos reclamações de outros blogs e sites decorrente ha algum problema nas postagens do nosso site. Por favor mande um e-mail para ruttatokodama@gmail.com

Agradecemos todos os comentários e amamos vocês seus pervs *-*