quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Por Você... - Capitulo 03






Ficha Técnica 

Titulo: Por Você...

Subtitulo: (Sem subtitulo) 
Autor: Aldo Andrade  
Capítulos ao todo: Em andamento 
Status: Em andamento
Ano: 2013 
Tema: Romance








Este conto é inadequado para menores de 18 anos
Contem romance homossexual, insinuação sexual e violência.


Antes...

– Eu não o entendo...
– Tenho certeza de que o entende – ele me olhou e me deu um meio sorriso – Você o entende mais do que você imagina.
Ele se levantou e colocou o copo de café expresso em cima de uma mesinha que estava perto da porta.
– Volto mais tarde, você está em boas mãos – Jhon se virou e saiu do quarto, fechando a porta atrás de si.

Depois...

Aos poucos ele abriu os olhos que estavam cansados e as olheiras em seu rosto me diziam que ele não dormira direito. Ele me olhou e vi nascer em seu rosto o mais belo sorriso e foi nele que eu me perdi. A preocupação que o habitava havia sumido.
Eu sorria.
– Você está bem? – ele se aproximou da cama puxando a poltrona consigo.
– Graças a você...
– No que você estava pensando?- seu rosto se enrijeceu, mas a alegria de me ver ainda estava em seus olhos.
– Era a única solução – me desviei do seu olhar. – Eu vou morrer de um jeito ou de outro.
– E porque acelerar? – o olhei seu rosto estava calmo com o mesmo brilho no olhar.
– Eu já sofri demais e... Eu só queria dar um fim a tudo isso. Meu coração não agüenta mais nem viver e nem se decepcionar – ele assentiu com o olhar. 
– Sei que não sou importante para você, mas será que você pode parar de pensar em se matar pelo seu pai?
O olhei em silencio e consenti com um breve movimento de cabeça. Ele estava errado ao dizer que não era importante, eu queria dizer que ele era importante, mas eu não conseguia dizer isso a ele. 
– Eu preciso que confirme que caio por acidente no lago. 
– Que eu cai? – o olhei confuso.
– É... Achei melhor dizer que você caiu por acidente do que o verdadeiro motivo, só alguém que quer se matar vai ao lago sozinho sem saber nadar.
– Como sabe que?. 
– Estudei com você desde a 1° série – ele deu um leve sorriso. – Só não fomos apresentados devidamente e o mais perto que tive de uma conversa com você foi quando o ajudei – Ele me olhava enquanto o sorriso se desfazia aos poucos.
Ele se levantou, empurrou a poltrona de volta ao lugar e se direcionou a porta.
– Aonde você vai? – Eu não queria que ele fosse.
– Você já está bem não precisa mais de mim.
E antes que eu pudesse protestar ele já havia ido. E eu fiquei sozinho no quarto, eu estava tão confuso e tão certo. Eu só queria que ele ficasse mais um pouco, eu queria que o garoto que eu conhecia de longe, ficasse ali.  Enquanto eu estava perdida aos meus pensamentos, alguém abriu a porta do quarto, foquei meus olhos no desconhecido.
Era Math.
Com um doce sorriso no rosto e sem nenhum rastro de noite mal dormida ou qualquer preocupação o que me desapontava um pouco.
– Tudo bem com você Damon? 
– Sim. Se não fosse o Lucas... – dei um breve sorriso. 
– Lucas? – Math me olhou desconfiado.
– É ele estuda lá no colégio na sala 04. 
– E o que vocês faziam tão longe da cidade, no lago?
– Conversando. 
– Só isso? – disse ele com um olhar desconfiado.
Ele estava com ciúmes? 
– Sim. Só isso Math.
Em outra época eu teria ficado feliz em ver Math com ciúmes de mim, mas pra mim isso não fazia diferença alguma agora, o resto da nossa conversa foi vaga e eu não prestava atenção nele, meus pensamentos estavam em meu amigo que havia até o momento tirado Math do seu pedestal.
Meus pensamentos estavam incondicionalmente, irrevogavelmente em Lucas.
No final da tarde pude voltar para casa, Jhon me dava muita atenção e Math ia me ver a cada meia hora, mas só havia uma pessoa que eu ansiava em ver, somente uma...


Aldo Andrade © 2013
Proibida reprodução total ou parcial desse conteúdo em mídias impressas, digitais, seja áudio ou visual sem autorização do autor sob pena criminal e civil.
Todos os direitos reservados.

Este conto é uma Fanfic baseada no romance Folhas ao Vento © 2012

Reprodução de conteúdo concedida pelo autor a
Rutta to Kodama Project © 2012 - 2013
Aldo Andrade
Aldo Andrade

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não é permitido comentários ofensivos.
Não use palavras de baixo calão.
Todos os comentários passam por moderação.
Não consegue baixar o manga? Comente em Links Quebrados.
Faça reclamações e sugestões!

Não recebemos reclamações de outros blogs e sites decorrente ha algum problema nas postagens do nosso site. Por favor mande um e-mail para ruttatokodama@gmail.com

Agradecemos todos os comentários e amamos vocês seus pervs *-*